Google perdoa dívida de 100 mil euros a criança de 12 anos

Rapaz espanhol usou conta bancária das suas poupanças para comprar, sem saber, publicidade para inserir nos seus vídeos, quando pensava que era ele quem ia receber dinheiro.

O seu sonho era tornar-se uma estrela do YouTube e enriquecer à conta dos vídeos que colocava online e da publicidade que a eles estava associada. Mas a única conta que apareceu em casa do pequeno José Javier, de 12 anos, em Torrevieja, na província espanhola de Alicante, foi no sentido contrário, para lhe cobrar um total de muito perto de 100 mil euros pela publicidade que solicitou ao Google que inserisse nos seus vídeos.

Recapitulemos: José Javier é um rapaz de 12 anos que, como muitos da sua idade, se maravilha com as notícias sobre os seus ídolos youtubers: facturam milhares de euros diariamente, acumulam milhões de visualizações e seguidores, tornam-se estrelas de televisão e da música. Tudo com a maior das facilidades.

Apesar da tenra idade, José toca numa banda de música da sua cidade chamada Los Salerosos e costumava publicar vídeos com as gravações das suas actuações no YouTube. Nas muitas horas passadas este Verão em frente ao computador com um amigo da mesma idade, José subscreveu um serviço do Google que ele julgava que lhe daria dinheiro pelas visualizações que os seus vídeos tinham e da publicidade que neles aparecia.

Mas, na realidade, era ao contrário. Enquanto ele pensava que estava a cobrar ao Google pelos anúncios associados aos seus vídeos, na verdade a empresa estava a cobrar-lhe as ordens de inserção de publicidade nos seus vídeos. A conta foi-se acumulando desde meados de Agosto até chegar a perto de 100 mil euros já no final de Setembro. (…)

Leia mais no PÚBLICO

Deixe uma resposta