O NIB desaparece definitivamente a 31 de Janeiro do próximo ano. A partir do dia seguinte, todas as transacções terão que ser identificadas com o IBAN. Saiba o que pode acontecer já daqui a dois meses.

Fonte: Três coisas que vão acontecer com o fim do NIB – Mercados – Jornal de Negócios