A Volkswagen vai associar-se a uma antiga agência de inteligência israelita para criar a Cymotive Technologies, focada em cibersegurança para automóveis. Vivemos cada vez mais num ambiente informatizado, de tal maneira que a ideia de ter carros de condução autónoma ligados à Internet já não é uma miragem.

Por esse motivo, os especialistas em segurança alertam para a possibilidade de os veículos sofrerem ataques de hackers e tornarem-se um alvo fácil. O fabricante de automóveis avançou o nome de três especialistas em segurança israelitas, um deles Uval Diskin, ex-director da agência de inteligência de Israel, a Shin Bet, que vão participar no projecto.

Um estudo realizado no passado mês concluía que modelos mais antigos da empresa eram já vulneráveis a ataques, dado o acesso ao sistema de abertura por controlo remoto não ser difícil. Os investigadores demonstraram que, através do “firmware” do carro, era fácil abrir e fechar as portas do veículo.

Por isso, era necessário actualizar o sistema e assim evitar possíveis ameaças.

 

Fonte: Computerworld

Deixe uma resposta